Analista de Projetos, Brasilia, BRASIL

0
891
vagas relações internacionais
UNDP Brasil

Local : Brasilia, BRASIL

Prazo de inscrição: 18-09-18

Duração inicial do Contrato: 6 meses

Responsabilidades

Apoiar a concepção, programação, elaboração e execução de projetos e atividades de Cooperação Técnica Internacional, com foco na modalidade Sul-Sul, para atuação neste projeto e em outros casos necessários.

  1. a) Prover subsídios técnicos durante a implementação do projeto BRA/16/004;
  2. b) Apoiar a execução do projeto dos Centros de Formação Profissional Brasil-Haiti com relatórios das missões, apoio a realização das missões, agenda das missões, monitoramento de toda a execução do projeto, acompanhamento da execução financeira e orçamentária, apoio à execução física “in loco” do projeto quando solicitado, preparação de relatórios sobre a execução orçamentária, financeira e física do projeto, e monitoramento do alcance das metas e dos resultados do projeto planejados e realizados;
  3. c) Propor soluções durante a implementação do projeto BRA/16/004, quando impasses/obstáculos surgirem;
  4. d) Apoiar a ABC na disseminação e comunicação dos resultados obtidos pelo projeto BRA/16/004; e
  5. e) Manter registros de toda a execução do projeto BRA/16/004.

Competências funcionais

Desenvolvimento e Eficácia Operacional

  • Habilidade para manter informações e bases de dados, com desejável conhecimento de Excel;
  • Analisar informações gerais e selecionar os materiais;
  • Habilidade para analisar dados, identificar e ajustar as discrepâncias;
  • Capacidade analítica de resolução de problemas e análise de números;
  • Capacidade de interpretar relatórios financeiros e orçamentários;
  • Capacidade de produzir registros precisos e bem documentados em conformidade com o padrão exigido; e
  • Habilidade para lidar com um grande volume de trabalho possivelmente sob restrições de tempo.

Gestão de conhecimento e aprendizagem

  • Habilidade em compartilhar conhecimento e experiência;
  • Capacidade de trabalhar ativamente para promover continuidade na aprendizagem pessoal e na aplicação de habilidades recém-adquiridas;
  • Habilidade e conhecimentos fundamentais de processos, métodos e procedimentos;
  • Compreender os principais processos e métodos de trabalho, políticas e procedimentos organizacionais relativos à posição e aplica-los de forma consistente com as tarefas de trabalho;
  • Demonstrar bom conhecimento de tecnologia da informação e aplicá-lo no trabalho;
  • Promover a aprendizagem organizacional e o compartilhamento de conhecimentos;

Promoção de mudanças e desenvolvimento organizacional

  • Habilidade de apresentar informações sobre as melhores práticas de mudança organizacional;
  • Habilidade para identificar problemas, manejar e gerir conflitos, bem como propor soluções.

Liderança e Auto- Gestão

  • Demonstrar autodesenvolvimento e a tomada de iniciativa;
  • Capacidade de atuar como integrante de uma equipe e facilitador do trabalho em equipe e incentivar a comunicação eficaz;
  • Criar ambiente sinergético através da autocontrole;
  • Habilidade para coletar dados e implementar sistemas de gestão;
  • Habilidade para utilizar informações / dados / outros sistemas de gestão;
  • Habilidade para reunir e divulgar informações sobre prestação de contas e sistemas de gestão baseada em resultados;
  • Habilidade para elaborar relatórios para clientes internos e externos adequadamente;
  • Capacidade de organizar e priorizar agenda de trabalho para atender às necessidades e os prazos.

Competências Corporativas:

  • Demonstrar comprometimento com a missão, visão e valores do PNUD; e
  • Demonstrar sensibilidade e capacidade de trabalhar com diversidade cultural, de gênero, religiosa, raça ou nacionalidade.

Educação

Obrigatório: nível superior completo e pós-graduação Latu Senso ou Stricto Senso;

Desejável: especialização na área de projetos.

Experiência

Obrigatória: Experiência mínima de 6 anos, comprovada em currículo, na identificação, elaboração, execução e monitoramento de projetos de cooperação técnica, preferencialmente voltados para a cooperação prestada a países em desenvolvimento, podendo ser considerada também experiência em projetos junto às Agências do Sistema Nações Unidas e à cooperação recebida pelo Brasil do exterior.

No caso de o candidato não comprovar Pós-graduação Latu Senso ou Stricto Senso, o mesmo deverá comprovar mais 4 anos de experiência na identificação, elaboração, execução e monitoramento de projetos de cooperação técnica, nas áreas do item imediatamente acima.

Idioma

Obrigatório: fluência oral e escrita em português e inglês

Desejável: fluência em francês e/ou em espanhol

 

Gostou? Inscreva-se aqui.

COMPARTILHAR
Internacionalista, mineira, radicada no Rio de Janeiro desde 2012. Idealizadora/Fundadora do What's Rel? (2011). Business Development Latin America para uma empresa canadense de engenharia, sócia da PAR Consultoria, e grande entusiasta da carreira de R.I. :)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here