Efetivo – Agente Social II – AVSI Brasil – Boa Vista, RR

0
701
vagas relações internacionais
Avsi Brasil

Descrição:

Nos últimos anos a Venezuela vive uma forte crise gerando vulnerabilidade social que se concretizou em uma intensa migração em território brasileiro. A AVSI Brasil (www.avsibrasil.com.br) foi envolvida pelo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (https://www.acnur.org/portugues/) para contribuir com a acolhida da população venezuelana no âmbito da emergência humanitária atuando em Centros de Acolhida para migrantes e refugiados venezuelanos na cidade de Boa Vista/RR e Pacaraima/RR que juntos atendem cerca de 5.500 pessoas.

O Agente Social II representará a AVSI no Centro de Acolhida durante a jornada noturna e será responsável por manter a organização, harmonia e ordem, além de acionar atendimento médio de acordo com as regras e procedimentos operacionais padrão.

Promover a harmonia, a ordem e a convivência pacífica no abrigo de acordo com regras de convivência e os procedimentos operacionais padrão; Atuar para resolução de conflitos entre a população beneficiária do abrigo, autoridades e as comunidades ao entorno; Acompanhar pelo menos 02 rondas da equipe de vigilância por dia; Cuidar para que as regras do abrigo sejam respeitadas; Contribuir e responsabilizar-se pelas atividades de participação comunitária desenvolvidas no período noturno no abrigo; Acionar apoio em caso de emergência médica e de segurança ou de manutenção, conforme procedimento operacional padrão; Enviar ao coordenador do abrigo relatórios diários sobre possíveis ocorrências ou incidentes; Centralizar o atendimento das demandas apresentadas pelos beneficiários; Retornar em tempo hábil os encaminhamentos das demandas ou encaminhar para resolução da equipe diurna; Quando percebidos casos de proteção acionar imediatamente a equipe de supervisão noturna e/ou gestor de caso de proteção. Os casos de proteção serão sempre direcionados à equipe de proteção disponível e jamais será feita a escuta qualificada. Nunca deixar o abrigo em turno de trabalho, nem mesmo para acompanhar os beneficiários à rede de apoio local. Quando necessário acionar equipe de supervisão; Preparar outros relatórios mediante solicitação da equipe de coordenação e gestão dos abrigos.

Requisitos:

– Formação superior em Direito, Relações Internacionais, Psicologia, Serviço social ou áreas afins;

– Desejável domínio do idioma espanhol;

– Experiência em projetos em âmbito social em áreas de grande vulnerabilidade social;

– Habilidade para se comunicar com diferentes públicos e instâncias; Habilidade de gestão de conflitos; Bom relacionamento interpessoal;

– Domínio sistemas informáticos: Windows, Word, Excel, Power Point;

– Jornada noturna (12 x 36 – trabalha um dia e folga outro)

Gostou? Inscreva-se aqui.

COMPARTILHAR
O mais completo site brasileiro sobre o mercado de trabalho em Relações Internacionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here