Efetivo – Oficial de Participação Comunitária – AVSI – Boa Vista, RR

0
278
vagas relações internacionais
Avsi Brasil

Sobre a vaga

Nos últimos anos, a Venezuela tem vivido uma forte crise, ocasionando vulnerabilidade social que se concretiza em uma intensa migração em território brasileiro. A AVSI Brasil foi envolvida pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados – ACNUR com vistas a contribuir com a acolhida da população venezuelana no âmbito da emergência humanitária.

Atualmente, a AVSI Brasil atua em 6 (seis) Centros de Acolhida para migrantes e refugiados venezuelanos e em outras iniciativas do ACNUR nas cidades de Boa Vista/RR e Pacaraima/RR.

Atividades

  • Mapear lideranças e pontos focais de interesse;
  • Apoiar a formação de grupos segmentados e de trabalho de acordo com as necessidades da comunidade;
  • Apoiar a realização de atividades comunitárias (reuniões, cursos, sessões informativas etc), bem como facilitar espaços, estruturas e recursos para o acontecimento das mesmas;
  • Facilitar a mobilização da comunidade e fomentar a realização das atividades cotidianas do abrigo;
  • Apoiar grupos segmentados, de trabalho, vulneráveis e de sub-representação no acesso a informações, serviços e atividades que incentivem a interiorização e a integração socioeconômica;
  • Com apoio e supervisão da gerência do projeto, fomentar ações com a comunidade do entorno para sensibilização e integração dos beneficiários;
  • Propiciar espaços seguros para grupos vulneráveis e de sub-representação em termos de gênero e diversidade para que estes possam expressar suas preocupações e receber informações oportunas em termos de proteção e integração local;
  • Apoiar a comunidade beneficiária com informações e atividades sobre interiorização, inserção laboral e mercado de trabalho no Brasil, sempre com a perspectiva de incentivar a integração local e de empoderar a população refugiada em relação a seus direitos e deveres enquanto profissionais;
  • Reforçar mecanismos de feedback e reclamação pelo qual os beneficiários do abrigo possam questionar o acesso aos serviços. Essas questões devem ser compartilhadas com os atores relevantes e um mecanismo de acompanhamento deve ser criado para garantir que as vozes de refugiados sejam ouvidas e que os serviços existentes sejam acessíveis a todos;
  • Trabalhar junto a outras equipes no desenvolvimento de ações de proteção de base comunitária sempre em linha com o organograma definido para a função.

Requisitos

  • Espanhol – Domínio Pleno;
  • Ensino Superior Completo;
  • Habilidade com atuação em projetos de âmbito social em áreas de vulnerabilidade;
  • Pacote Office – Avançado.

Interessado? Candidate-se aqui!

Cadastre-se agora para ter acesso a mais oportunidades de todas as regiões do país! Clique aqui!

COMPARTILHAR
O mais completo site brasileiro sobre o mercado de trabalho em Relações Internacionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here