Field Associate (Border Issues) – UNOPS – Pacaraima, RR

0
305
vagas relações internacionais
UNOPS

Atividades 

– Apoiar as ações institucionais da Defensoria Pública Federal em Pacaraima, Roraima, no sentido de promoção e informação sobre direitos e atenção a grupos de pessoas que necessitam de proteção internacional;
– Apoiar a Defensoria Pública da União na elaboração de relatórios sobre a mobilidade da população com necessidade de proteção internacional, bem como na análise da dinâmica de acesso ao território;
– Elaborar e enviar à Defensoria Pública da União relatório mensal sobre as atividades de atendimento especializado e de divulgação e promoção de direitos;
– Elaborar e apresentar relatório trimestral à Defensoria Pública da União sobre a implementação das políticas públicas governamentais para o atendimento e proteção das pessoas carentes de proteção internacional naquela região;
– Preparar um relatório final sobre a dinâmica de deslocamento; implementação de políticas públicas de atenção, prevenção e proteção; política territorial para restaurar os direitos da população em situação de deslocamento forçado;
– Elaborar relatório sobre a assistência prestada pela ¿Operação Acolhida¿ à população carente de proteção internacional, com o objetivo de manter os parâmetros de proteção internacional;
– Apoiar os procedimentos relativos à aplicação da Resolução Conjunta nº 1, de 09 de agosto de 2017, referente à documentação de crianças e adolescentes desacompanhados ou separados;
– Apoio em ações de divulgação e informação sobre os direitos e deveres dos refugiados no Brasil.
– Executar outras tarefas afins, conforme necessário.

Qualificações Mínimas

– 3 anos de experiência relevante com diploma do ensino médio; ou 2 anos de experiência de trabalho relevante com Bacharelado ou áreas equivalentes ou superiores da Educação, Ciências Sociais, Psicologia, Serviço Social, Relações Internacionais, Sociologia, Ciência Política, Direito

Experiência Profissional Relevante Essencial

– Trabalho anterior em contexto humanitário ou de emergência.
– Fluência em Português e conhecimento prático de Espanhol

Desejável

– Mestrado ou Pós-graduação em Ciências Sociais ou áreas afins;
– Fluência em outros idiomas (além de português, inglês e espanhol)
– Experiência anterior de trabalho com governos e procedimentos de refúgio;
– Capacidade de comunicação com funcionários de diferentes origens, bem como abertura para suporte conforme necessário;
– Capacidade de entender os procedimentos, estruturas e autoridade do governo;
– Capacidade de propor soluções para os desafios identificados.

Habilidades Funcionais

* Conhecimentos de TI em Computação
– Experiência EX-Field
– MS-Drafting, Documentação, Apresentação de Dados
– CL-Multi-stakeholder Communications with Partners,
– PG-Programme Management (formulação de projetos, ciclos de programas e padrões de relatórios)

(As habilidades funcionais marcadas com um asterisco* são essenciais)

Requisitos de idioma

Conhecimento de inglês e/ou idioma de trabalho da ONU da estação de serviço, se não inglês.

Informações Adicionais

  • Uma remuneração competitiva é oferecida com base no salário da ONU para o Brasil. Para referência, acesse a página da Comissão Internacional do Serviço Civil em https://www.un.org/Depts/OHRM/salaries_allowances/salaries/brazil.htm
  • A data de encerramento das inscrições é 23 de fevereiro de 2022 (meia-noite, horário de Genebra).
  • Aplicações atrasadas não serão aceitas. Apenas os candidatos pré-selecionados serão contatados. Os candidatos pré-selecionados podem ser obrigados a fazer um teste escrito e/ou entrevista oral.

Para mais detalhes sobre a vaga e candidatar-se, clique aqui!

Curtiu a vaga? Cadastre-se agora para ter acesso a mais oportunidades de todas as regiões do país! Clique aqui!

COMPARTILHAR
O mais completo site brasileiro sobre o mercado de trabalho em Relações Internacionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here