Para além do Mundo Corporativo: Arte como área de atuação

0
232
Relações Internacionais e Arte

A arte é um mecanismo de influência e reconhecimento de um país na sociedade internacional; e como tudo que é político está ligado às Relações Internacionais, essa se torna mais uma área em que o internacionalista pode atuar. Você possui afinidade com manifestações artísticas como dança, teatro, música e cinema? Então você tem grandes chances de encontrar um emprego que conecte sua paixão com a graduação em RI.

1- Ao contrário do que parece, existem diversas as opções

A ideia é encontrar empresas e instituições onde o produto ou serviço final seja compatível com a arte que você se identifica ou até mesmo produz. Se você ama o mundo da música, pode procurar vagas em gravadoras ou migrar para produção de eventos e festivais. Já no campo da pintura, muitas galerias já estão colocando como requisito a formação em Relações Internacionais para realização de algumas atividades. No caso de estética e design, procure empresas do segmento da moda. Além disso, há instituições como museus, escolas e ateliês de arte e empresas de consultoria artística.

2- As formas de atuação também variam

Artes no setor privado

Em empresas e instituições do setor privado, já mencionadas acima, o profissional de RI pode ser alocado em processos administrativos e de comunicação, muitas vezes ligados às relações da empresa com o exterior, devido ao domínio de idiomas. O profissional poderá atuar nos bastidores da produção de eventos artísticos, também passando pelos campos supracitados. Em um festival como o Rock In Rio, por exemplo, o internacionalista pode concorrer a vagas para realizar a conexão entre os artistas internacionais e suas agências e o evento.

Artes na área acadêmica

Além das atividades práticas, é possível explorar a Arte por meio da carreira acadêmica. Você pode pesquisar as relações entre cultura e política externa; o papel de práticas artísticas e culturais para determinado grupo social; a utilização da arte como instrumento de dominação de um governo específico; entre outras mil possibilidades. Muitas universidades nacionais e internacionais oferecem mestrados e pós graduação em Artes com um contexto internacional, podendo ser um caminho para quem quer seguir a carreira.

Artes na Diplomacia Cultural

A chamada Diplomacia Cultural é um instrumento essencial de aproximação entre Estados, contribuindo para construção de vínculos culturais e linguísticos entre eles. Ela engloba a formulação de políticas públicas que visam abrir mercados para a indústria cultural em determinado país. Neste campo, o internacionalista encontra oportunidades em órgãos públicos relacionados ao Ministério das Relações Exteriores (MRE) e ao recém-criado Ministério da Cidadania, auxiliando o Estado a promover estas ações. Assim, você encontrará cargos em instituições como a Fundação Nacional de Artes (FUNARTE), Agência Nacional do Cinema (ANCINE), Divisão de Acordos e Assuntos Multilaterais Culturais (DAMC), Divisão de Operações de Difusão Cultural (DODC) ou a Divisão de Promoção da Língua Portuguesa (DPLP), sendo estas três últimas partes do departamento cultural do MRE.

3 – Como se destacar na área?

Para trabalhar no campo das artes, você pode se destacar através do olhar estético, crítico, poético e criativo, aliado as skills características de todo internacionalista: diplomacia, empatia e habilidades de comunicação. Afinal, a arte nada mais é do que mais uma forma que o ser humano criou para se comunicar. A facilidade para lidar com relações culturais também é um ponto a favor do profissional de RI.

Por fim, nossa dica extra para você é: tente se inserir no campo artístico para obter contatos. Você pode não ter especificamente o dom da produção artística em seu sentido literal, mas sua formação pode ser bem vista no mercado no campo do gerenciamento e propagação desta arte produzida por terceiros.

 

Esse post foi produzido pela internacionalista Marina Fontoura e adaptado pela estudante de Relações Internacionais Raquel Gomes.

Quer conhecer mais áreas de atuação em Relações Internacionais? Clique aqui!

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here