Comportamento negligenciado: a virtude de escutar o outro

A escuta do outro vai muito além de apenas ouvir o que outra pessoa tem a dizer é estar disponível e ter empatia. Essa habilidade vem ganhando importância no mercado de trabalho devido à incapacidade das pessoas se escutarem. E para você o que significa escutar o outro?

0
165

Tão importante quanto a capacidade de se expressar bem, a escuta é uma habilidade que vem se mostrando cada vez mais significativa no mercado trabalho devido à incapacidade das pessoas se escutarem. Apesar de ter uma boa oratória ainda ser requisito para muitas vagas de trabalho, a habilidade de escuta do outro pode ser uma ferramenta que te ajudará a se tornar um profissional singular e a ser valorizado no seu ambiente de trabalho.

Ouvir é algo simples e corriqueiro, é uma ação ‘automática’ que fazemos diariamente e a todo momento e que não nos exige grande esforço. Escutar pode parecer o mesmo e é por isso que devemos nos atentar para a diferença entre as duas ações. Ao contrário de ouvir, escutar é uma ação que envolve concentração, foco e principalmente empatia. É sair de si para compreender as demandas e necessidades de outra pessoa.

Mas de que forma isso afeta o ambiente de trabalho? A demonstração de interesse genuíno pela fala do outro aumenta a qualidade da comunicação e da retenção de informações. No caso de estar em contato direto com um cliente ou em uma negociação, a escuta ativa do outro faz com que o interlocutor e o ouvinte estabeleçam um vínculo. O interlocutor então pode se sentir importante a partir do momento que percebe que há uma pessoa verdadeiramente interessada no que ele tem a dizer, gerando confiança.

Para saber mais sobre escuta e por quê ela é importante em nossa vida, pessoal e profissional, assista o vídeo abaixo e deixe sua opinião. O que significa escutar o outro para você?

Esse artigo foi produzido com a ajuda da estudante de Relações Internacionais da UFF e Colaborada Voluntária Julie Guedes.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here