Incertezas na Carreira: Como reagir a elas

0
323

Mesmo sabendo que a vida é feita de mudanças diárias e inconstâncias, a busca por estabilidade e segurança está presente a todo momento. Sobretudo quando estamos construindo uma carreira profissional. E esse conflito por buscar aquilo que parece inalcançável, acaba por alimentar um dos grandes males da atualidade: a ansiedade. Mas então, como driblar essa angústia e conseguir lidar com as incertezas e ter um saldo positivo nisso tudo?

Sim, é possível ter um olhar positivo sobre algo que, em princípio, parece não ter
solução. Para tornar essa fase menos difícil, é preciso olhar para a situação de
uma forma diferente. Em “Hamlet”, Shakespeare diz que “nada é em si é bom ou mau. Tudo depende daquilo que pensamos”, ou seja, cabe a você decidir se a metade do copo está cheia ou vazia…

Por isso, sempre que se sentir perdido, confuso ou ansioso, entenda que pode ser um sinal de que você precisa parar, sair do piloto automático e refletir: porque estou vivendo essa situação? Quais as escolhas eu fiz para me encontrar nela? Quais são os pontos positivos e negativos da mesma? O que eu posso fazer para mudar aquilo que não me satisfaz
hoje?

Aproveite esse tempo para pensar no melhor ajuste de rota e onde gostaria de estar
daqui a cinco ou dez anos, identificar seus valores e crenças limitantes, aprimorar suas
habilidades, se atualizar em outros assuntos e descobrir novos hobbies. Às vezes,
dedicar um pouco de tempo a coisas que em princípio não tem qualquer ligação a sua carreira, podem te proporcionar uma válvula de escape preciosa, com impacto muito positivo em várias esferas das nossas vidas.

Lembre-se de que a vida é um mar de possibilidades, mas, também, um oceano de
incertezas. O importante é entender que nem sempre teremos o controle de todas as variáveis, aprimorar-se no exercício do autoconhecimento para entender a melhor forma de conduzir as incertezas, e estar pronto para enfrentá-las durante a trajetória profissional, ainda mais em um mundo que está em evolução constante e em um mercado de trabalho cada vez mais complexo e com novos desafios. Nossa carreira, depende de paciência,
planejamento, foco e da noção do percurso como um todo.

Mesmo que você se sinta desconfortável no momento, acredite que tudo pelo que
você está passando pode estar te preparando para algo muito melhor do que você imaginou. Um caminho nunca é definitivo só porque você já tem 20, 30, 40 , 50 ou qualquer outra idade. Há sempre novas alternativas. Não se compare, confie no processo e
no seu potencial!

Veja mais um pouco sobre o assunto em mais um vídeo da nossa série de Comportamento e Carreira. Confira abaixo: 

E você, o que tem feito para ajustar os rumos da sua carreira? Conta para a gente!

 

Esse post foi produzido com a ajuda da estudante de Relações Internacionais da UFRJ e Colaboradora Voluntária Giovanna Soares.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here