Internacionalização Universitária

Já imaginou aliar relações internacionais com educação? Já parou para pensar que não somente empresas se internacionalizam? E que universidades também procuram se internacionalizar? Você já pensou nisso? Vem saber mais sobre esse campo de atuação que poucos internacionalistas conhecem e que pode ser uma oportunidade para você.

0
457

Universidades assim como empresas buscam internacionalizar-se. Enquanto empresas, de maneira geral, procuram maximizar seus rendimentos, as universidades têm outros objetivos na internacionalização.

A internacionalização universitária, acadêmica ou do ensino superior é pouco conhecida e ainda pouco procurada. No entanto, a perspectiva de crescimento da área possibilita um campo de atuação interessante para analistas internacionais. E no Brasil, esse crescimento ocorreu de forma considerável ao longo dos últimos anos, colocando o país como referência no ensino na América Latina.

Esse campo é instigante porque possibilita que o profissional de relações internacionais trabalhe em um setor que é fundamental para o desenvolvimento educacional de qualquer país. Ele permite que você atue nos departamentos internacionais de instituições superiores de ensino públicas ou privadas e a partir daí, interaja diretamente com outros setores internacionais de outras instituições de ensino de diversos países, tratando, por exemplo, de mobilidade internacional que é a ida e vinda de estudantes ao nosso país. A criação de acordos internacionais, elaboração de parcerias, negociações, atuação em atividades científicas, de pesquisa são também atribuições do profissional que desejar se inserir nesse campo.

Como é um setor ainda em desenvolvimento no Brasil, ter uma experiência prévia faz grande diferença. Fazer um estágio no setor de mobilidade da sua universidade ou um intercâmbio acadêmico podem ser seus diferenciais no futuro. Além disso trabalhar na área contribui para quem deseja uma carreira internacional pois, através do contato com instituições de ensino estrangeiras, há a possibilidade de conseguir emprego no exterior.

Se interessou pela área? Quer saber mais? Então compartilha com a gente o que achou e continue acompanhando nosso trabalho. Ano que vem teremos muitas novidades.

Esse artigo foi produzido com a ajuda da estudante de Relações Internacionais da UFF e Colaboradora Voluntária Julie Guedes.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here