Mobilidade acadêmica: Bolsas Santander

0
481

Realizar um intercâmbio ou mobilidade acadêmica é o sonho de muitos estudantes. Para incentivar estudantes de graduação e pós-graduação nessa empreitada, o banco Santander oferece anualmente bolsas de estudo para intercâmbio em países como Portugal, Espanha e da América Latina. Para te ajudar na realização do sonho de conhecer novas culturas e praticar um novo idioma contamos sobre as bolsas Top España e o Programa de bolsas Ibero-Americanas, ambos promovidos pelo banco Santander.

Top España 2019:

É um programa que permite que alunos e professores de universidades parceiras de todo o Brasil aprimorem seus conhecimentos no idioma e cultura espanhola. O curso é realizado em uma das instituições de ensino mais tradicionais da Espanha, a Universidad de Salamanca, e tem duração de três semanas com todas as despesas custeadas pelo Santander. Neste ano de 2019, a iniciativa irá contemplar 100 bolsistas.

Para concorrer é preciso verificar se a sua universidade participa do programa. A inscrição é feita através do aplicativo Santander Universitário. As etapas do processo seletivo e critérios usados na seleção são de responsabilidade da universidade parceira, que deve publicar um edital com todas as informações necessárias.

As inscrições vão até o dia 08 de abril às 23h59 (horário de Brasília).

Programa Ibero-Americanas:

Anualmente o banco Santander oferece auxílio financeiro para mobilidade acadêmica em universidades de Portugal, Espanha e países da América Latina (Argentina, Colômbia, Chile, México, Peru, Porto Rico e Uruguai). O estudante contemplado com a bolsa recebe o equivalente a 3 mil euros para custear gastos com passagem aérea, hospedagem e alimentação durante o intercâmbio. O curso deve fazer parte de um acordo bilateral entre a sua universidade aqui no Brasil e a de destino.

As inscrições começaram no dia 4 de fevereiro e vão até o dia 07 de agosto às 23h59 (horário de Brasília).

Ambos os programas são para universidades parceiras do Santander. Por isso é importante verificar se sua universidade é parceira para conferir a possibilidade de sua participação no edital para concorrer às bolsas. As universidades parceiras divulgam editais específicos com regras próprias para a participação nos programas. Fique atento e não perca essa oportunidade, procure pelo escritório de Relações Internacionais da sua instituição para saber mais!

Tem dicas de outras bolsas para mobilidade acadêmica? Conta para gente nos comentários.

Esse artigo foi produzido com a ajuda da estudante de Relações Internacionais da UFF e Colaboradora Voluntária Julie Guedes.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here