Respondemos as perguntas feitas no Instagram sobre mercado de trabalho em RI

0
674

Oi, pessoal! Quem participou da nossa Live ontem (24/07) no Instagram mande depois um feedback e marcaremos mais uma, ok? Abaixo selecionamos algumas perguntas para compartilhar com as pessoas que não puderam participar. Vamos lá!

Quais seriam os diferenciais para se conseguir estágio em RI? @LiviaBelchior

Do ponto de vista técnico, a dica que damos é dominar bem softwares como Power Point e Excel. Em qualquer estágio será exigido de você a realização de trabalhos (bem feitos) nesses programas.

Outro ponto importante é a comunicação. Falar bem idiomas é sempre um diferencial. No entanto, isso já esperado de um estudante de Relações Internacionais. Nossa dica aqui é com relação ao seu idioma de origem. Escrever e falar bem o português é fundamental para estagiários de RI. Então, prepare-se nesse sentido. Uma boa redação de e-mails, facilidade em se expressar, capacidade de síntese serão diferenciais.

Quando você se refere à internacionalização, diz respeito à abertura de filiais no exterior ou interação (relações comerciais) entre parceiros internacionais? @Lucascarv.guerra

Internacionalização de empresa leva em conta pelo menos uma de três situações: (i) atender mercado externo por meio da exportação; (ii) investir diretamente em outros países, abrindo filiais, unidades produtivas, escritórios etc; (iii) buscar parcerias em outros países, gerando cooperação internacional e/ou transferência de capital.

Qual a diferença entre RI e Comex? @MariaClara

Nós temos um post sobre isso. Ele se chama o Guia completo para o analista internacional explicar a profissão. Veja a questão número 1

Que dicas você daria para os estudantes de RI que querem seguir a carreira diplomática? @anam.gueiros

Estudar bastante e ter paciência é o primeiro passo. O concurso para o Itamaraty é bem concorrido e exige muito conhecimento. Dominar inglês e francês são importantes. Uma dica é acompanhar fóruns e páginas nas redes sociais com as recentes informações sobre o concurso. Há também uma série de cursos preparatórios, alguns, inclusive, podem ser feitos online. Dê uma pesquisada.

Acesse nossa área de entrevista e leia as entrevistas com as diplomatas Fernanda Dal Piaz e Cristina Badaró. Pode ser útil! 😉

Qual pós seria interessante para a carreira de RI? @Isabelatroglio

Nós já temos um post sobre isso. Acesse Estudar, sempre! Formei em RI: quando e como escolher uma pós?

Vc recomenda mestrado no exterior ou só a partir do doutorado? @LukaZInc

Acho também que a leitura do artigo Estudar, sempre! Formei em RI: quando e como escolher uma pós? pode te ajudar.

Vc poderia dizer mais sobre a carreira no setor privado? @ThallisVictor

Nós temos no site uma página só sobre carreiras. Lá tem uma parte que falamos sobre carreira no setor privado. Acesse o link https://whatsrel.com.br/carreiras

Quero cursar RI, porém não sou fluente em um idioma. Isso pode me prejudicar? @Edileneselvasant

Você pode cursar RI sem ser fluente. O importante é que seja fluente ao se formar. Certamente você poderá ter algumas dificuldades na graduação, já que é comum ter conteúdo em inglês e espanhol. Minha dica é que comece o quanto antes a estudar idiomas!

Fale mais sobre o campo das ONGS. @JPauloBosso

Nós temos no site uma página só sobre carreiras. Lá tem uma parte que falamos sobre carreira no terceiro setor (ONGs). Acesse o link https://whatsrel.com.br/carreiras

Como vc acha que participar de Simulações ajuda para o futuro internacionalista? @jvitor_cruz

Ajuda sim!!! Simulações nos auxiliam a desenvolver a nossa capacidade de comunicação em público, de raciocinar e dar respostas rápidas. Saber apresentar ideias, convencer o público e debater com respeito é essencial no mercado de trabalho. Além disso, Simulações nos dão uma visão de como funcionam os fóruns de discussões em organismos internacionais.

Saber falar francês é um diferencial no processo seletivo, com, por exemplo, na Embaixada da França? Ou inglês é suficiente? @Isabelatroglio

Falar o idioma oficial da representação diplomática é um diferencial. Por tanto, o candidato a uma vaga na Embaixada francesa que souber falar o francês terá mais chances. Leia nosso post 9 dicas PRECIOSAS para trabalhar em Embaixadas e Consulados

É possível um profissional de RI trabalhar em Bancos?

Claro que sim. Inclusive muitos bancos têm áreas internacionais. Busque nas páginas dos bancos informações sobre isso.

Tendo em vista a versatilidade do profissional de RI, ele pode atuar em qq empresa, de qq segmento? @Filipe Penedo

Pode sim. Leia nossa seção de Carreiras. Acesse o link https://whatsrel.com.br/carreiras

Quais foram as maiores dificuldades que vc viu ou vivenciou na área de consulados? @LiviaBelchior

Leia nosso post sobre isso e veja se ele te ajuda. 9 dicas PRECIOSAS para trabalhar em Embaixadas e Consulados

Conte como as áreas de Ri e Comex estão relacionadas? @1Raony

Nós temos um post sobre isso. Ele se chama o Guia completo para o analista internacional explicar a profissão. Veja a questão número 1

Estou cogitando fazer curso de direito depois de RI para ter mais “segurança” em termos de mercado de trabalho. @Kmartello

É comum que analistas internacionais cursem uma segunda graduação, inclusive Direito. Nossa dica é que você busque entender o seu objetivo profissional para fazer essa escolha. Se você quer trabalhar com Direito Internacional, por exemplo, cursar as duas graduações será um grande diferencial.

 

E aí, pessoal? Gostaram da Live? Mandem o feedback e logo logo marcamos outra. Uma abraço!

COMPARTILHAR
Internacionalista, mineira, radicada no Rio de Janeiro desde 2012. Idealizadora/Fundadora do What's Rel? (2011). Business Development Latin America para uma empresa canadense de engenharia, sócia da PAR Consultoria, e grande entusiasta da carreira de R.I. :)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here