Como ser um voluntário da ONU

A ONU tem cerca de 7.500 voluntários de diversas áreas e países, que levam conhecimento e ajuda para comunidades que passam por situações de crise.

0
704
Voluntários da Zâmbia (direita) e do Canadá (esquerda) auxiliam no processo eleitoral em Timor Leste, no ano 2000. Fonte: UN Photo

Quando surgem situações de emergência, como surtos de doenças infecciosas, desastres naturais ou crises de refugiados, as Nações Unidas assumem a responsabilidade de administrar e auxiliar na solução desses problemas. Para tanto, contam com a ajuda de seus programas e dos voluntários.

Hoje a ONU tem cerca de 7.500 voluntários de diversas áreas e países, que levam seu conhecimento para locais e comunidades que necessitam de auxílio e desenvolvimento.

Esses voluntários vêm de mais de 160 países e, ao todo, atuam em aproximadamente 100 campos profissionais. Ajudam a manter a paz, organizam eleições, trazem alívio em situações de emergência, promovem os direitos humanos, melhoram as condições de saúde, ensinam técnicas efetivas de agropecuária, promovem a igualdade de sexos e protegem o meio ambiente.

Para o internacionalista, o voluntariado em ONGs e instituições internacionais promove a aproximação a uma nova cultura e ambiente, podendo trazer diversas experiências e agregar maios valor curricular. Nós já publicamos dois posts sobre a importância do trabalho voluntário. Clique aqui abaixo e confira:

Então, como se inscrever e voluntariar na ONU?

As Nações Unidas contam com programas de voluntariado para resoluções rápidas, que necessitam de profissionais específicos, mas também há setores com áreas permanentes.

Para as situações que necessitam de resoluções de emergência, como crises humanitárias, existem as seguintes áreas no site do programa:

PROTEÇÃO (Proteção de Refugiados, Proteção à Criança, Proteção de Direitos Humanos)

Requisitos mínimos: Licenciatura em Direito, Direito Internacional, Direitos Humanos, Relações Internacionais, Ciências Sociais ou áreas afins. Dois a três 3 anos de experiência com refugiados e/ou outras pessoas preocupadas com uma capacidade de proteção necessária (por exemplo, crianças afetadas por conflitos armados).

GESTÃO DA INFORMAÇÃO

Requisitos mínimos: Licenciatura em Sistemas de Informação, SIG, Ciências Sociais, Estatística, Economia ou campo relacionado. Dois a três anos de experiência em Gestão da Informação (de preferência com organizações governamentais, ONGs, organizações internacionais) em desenvolvimento ou assistência humanitária. Boas habilidades de geração de relatórios, de preferência com experiência em manutenção de sites e / ou banco de dados, produção de produtos de informação (infografia, mapas etc.), conhecimento  de aplicativos de mapeamento (por exemplo, ArcGIS etc.).

LOGÍSTICA

Requisitos mínimos: Licenciatura em Administração de Empresas, Engenharia, Logística, Matemática ou campo relacionado. Dois a três anos de experiência profissional relevante no campo da logística. (por exemplo, cadeia de suprimentos, transporte de superfície, armazenagem, operações portuárias, transporte aéreo etc.).

LAVAGEM (água e saneamento e higiene)

Requisitos mínimos: Licenciatura em Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Engenharia de Saneamento, Geologia, Hidrologia, Saúde Pública Ambiental ou campo relacionado. Dois a três anos de experiência profissional relevante em abastecimento de água, sistemas de purificação de água, instalações de bombas e obras associadas. De preferência com conhecimento de programação transversal, intervenções baseadas na comunidade, sistemas de saúde.

MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO

Requisitos mínimos: Licenciatura em Economia, Estatística, Planejamento e Gerenciamento de Projetos, Estudos de Desenvolvimento, Ciências Sociais ou campo relacionado. Três anos de experiência profissional relevante e histórico comprovado em Monitoramento e Avaliação de Projetos em um contexto de desenvolvimento ou humanitário. Conhecimento de métodos baseados em gestão, acompanhamento e avaliação de resultados e ferramentas e software estatístico.

No mesmo site mencionado acima você encontra as áreas para atuação permanente.

Outras informações

Normalmente, os trabalhos voluntários duram de 6 meses a um ano de experiência, sendo que o voluntário deve ter de 25 a 70 anos de idade. Os interessados devem possuir experiência em sua área de trabalho e falar fluentemente pelo menos algum destes três idiomas oficiais da ONU: inglês, francês e/ou espanhol.

Para os mais jovens, existe ainda a modalidade do Jovem Voluntário (UN Youth Volunteers), voltado para pessoas entre 18 e 29 anos.

Voluntário online

Além do voluntariado presencial, existe também os programa online que coloca os voluntários em contato com organizações em todo o mundo para que trabalhem juntos.

Para se inscrever no programa de voluntários da ONU, é necessário acessar a página do organismo, onde estão disponibilizadas diversas informações. As principais áreas de voluntariado são: Tradução, escrita e edição, arte e design, pesquisa, desenvolvimento e gestão de projetos, desenvolvimento tecnológico, Outreach e advocacia, ensino e treinamento, organização comunitária, liderança e estratégia, administração, serviços de saúde e organização de eventos.

Clique aqui e saiba mais.

E aí? Que tal participar dessa missão junto às Nações Unidas?

COMPARTILHAR
O mais completo site brasileiro sobre o mercado de trabalho em Relações Internacionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here