Países para Internacionalistas apostarem a sua carreira

0
984

No post de interação com o leitor do mês de setembro, separamos 5 destinos internacionais para internacionalistas apostarem o sucesso de suas carreiras. A escolha dos países considerou  uma pesquisa realizada pelo U.S News que destaca os melhores países para imigrantes levando em conta o IDH e qualidade de vida, vale destacar que o What’s Rel? já tem um post indicando  as 10 melhores cidades no mundo para internacionalistas recém formados.

Canadá

Destino já conhecido de muitos brasileiros, Canadá se destaca pela sua hospitalidade e qualidade de vida. No país estão localizadas ótimas universidades que oferecem inclusive bolsas para estudantes brasileiros. Segundo a revista Exame, em apenas 1 ano mais de 160 mil imigrantes desembarcaram em território canadense para aproveitar oportunidades de trabalho no país que sofre com a falta de mão-de-obra qualificada. O Canadá trata a questão migratória como um processo aberto, pois coopera com a economia do país.

Internacionalistas que desejam seguir carreira na área de comércio exterior e setor energético devem considerar o Canadá como destino profissional, uma vez que 70% do PIB do país é movido pelo comércio, turismo, transporte, energia e prestação de serviços. Lembre-se, o domínio do idioma inglês é mais  que um diferencial, é extremamente necessário para inserção no mercado de trabalho canadense, o francês também é importante, afinal há regiões no país que dominam o idioma, como é o caso de Montreal e Québec.

Argentina

Poucos consideram a América Latina como um destino preferencial no momento de direcionar a carreira no exterior.Como país vizinho a Argentina nos  oferece um espaço de crescimento profissional para estrangeiros. O pólo econômico do país está em sua capital, Buenos Aires, o qual  busca por profissionais da área de tecnologia, informação, comércio, marketing e demais campos. Como internacionalistas, temos um grande diferencial: nossa multidisciplinaridade, ou seja, conquistar espaço na capital Argentina não será um problema.

O domínio do espanhol é imprescindível para atuar profissionalmente no país, ademais o inglês é muito valorizado, portanto não deixe de investir em ambos os idiomas. Falando em idioma, temos uma ótima notícia para os brasileiros: o português nativo no currículo faz enorme diferença, uma vez que Brasil e Argentina mantém contato  frequentemente, então o profissional que domina o idioma português é extremamente valorizado no momento de fechar negociações comerciais!

China

Trabalhar na China é uma ótima oportunidade para internacionalistas que desejam se inserir no ramo do comércio exterior e/ou ainda atuar em grandes multinacionais. O país é a segunda maior economia do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. É importante ressaltar,  se você almeja cargos de alto nível em território chinês é necessário aperfeiçoamento profissional, portanto investir em uma pós-graduação será um diferencial no momento para se estabelecer na China.

O país asiático é um dos principais parceiros comerciais do Brasil, ou seja, os brasileiros já tem um ponto de vantagem quando procuram emprego em multinacionais na China, uma vez que o conhecimento do idioma português e da cultura brasileira facilitam as negociações entre os dois Estados, mas lembre-se:o inglês é indispensável para a sua atuação no país estrangeiro. O mandarim, segundo relatos no canal do youtube “2 a mais” não é necessariamente obrigatório para se trabalhar na China, já que o inglês é o idioma  utilizado nas negociações internacionais, entretanto, em sua vida cotidiana se faz necessário que você saiba ao menos o básico da língua, para assim  se comunicar em atividades comuns, como ao realizar compras, se despedir e cumprimentar, ter conversas rápidas, etc.

África do Sul

Conhecida pela sua riqueza cultural e beleza natural, a África do Sul é um dos destinos indicados para internacionalistas que desejam crescer profissionalmente e enfrentar novos desafios em sua carreira. O país é muito indicado para os campos que envolvem turismo, marketing e administração, portanto se você tem interesse em uma dessas áreas é importante investir em especializações.

A África do Sul chama a atenção por ser um país que apresenta baixo custo de vida, além de ser um ótimo anfitrião. No país estão localizadas as melhores universidades do continente, dentre elas Universidade da Cidade do Cabo, a Universidade de Witwatersrand  e a Stellenbosch University, que valorizam a formação de futuros líderes comprometidos com o desenvolvimento da região.

Estima-se que até o final de 2019, a economia do continente africano tenha um crescimento de 50% devido ao avanço do consumo da classe média emergente, este é um ótimo fator que leva grandes multinacionais a voltarem-se para a região e consequentemente permite a abertura de novos mercados e geração de empregos, principalmente em grandes economias como a da África do Sul.

Austrália

A Austrália é conhecida como um dos destinos preferidos de estudantes que desejam ter vivência internacional, mas  para trabalho, você sabe quais são as oportunidades? A economia australiana mantém níveis altos de crescimento, a taxa de inflação, por exemplo, permanece baixa desde a década de 90. Os percentuais de desemprego também são reduzidos no país, desta forma a qualidade de vida e bem-estar de seus habitantes têm melhorado ano após ano devido à produtividade de setores como turismo, tecnologia e indústria química.

Internacionalistas que desejam se estabelecer em território australiano têm ótimas opções de emprego em diferentes setores da economia, porém o da educação chama a atenção devido à valorização que o governo australiano despende aos profissionais da área. Atualmente, o processo de revalidação  de diploma de estrangeiros que desejam lecionar na Austrália está mais facilitado, portanto se você deseja seguir carreira acadêmica no exterior o país continental pode ser uma ótima opção.

Suíça

Cidades da Suíça estão entre as de maior qualidade de vida do mundo para se morar. Educação, saúde e segurança são prioridades do governo, não é a toa que o país é o sonho de muitos internacionalistas.

Não podíamos deixar de citar a Suíça, pois além de ser um país de inúmeras qualidades é o berço das Organizações Internacionais (OI’s). Uma das opções de trabalho para internacionalistas é seguir carreira em OI’s, em algum momento de seus estudos você já deve ter considerado trabalhar na Organização das Nações Unidas, certo? Alcançar esse objetivo exige dedicação, desta forma não deixe de se qualificar e aperfeiçoar seus conhecimentos. Existem diferentes formas de ingresso em Organizações Internacionais, é importante realizar pesquisas detalhadas sobre a área que deseja seguir e quais são os critérios de seleção.

A Suíça também oferece oportunidades em demais setores, como comércio exterior, tecnologia e empresas de commodities . O inglês é indispensável, porém o conhecimento de pelo menos um dos idiomas oficiais do país (alemão, francês e italiano) também é necessário.

 

O seu destino internacional para trabalho vai depender muito da área que  deseja seguir, porém alguns critérios são comuns para a maioria dos países estrangeiros, por exemplo, o domínio do inglês. Planejamento da sua mudança e delimitação de objetivos são muito importantes para o sucesso da sua carreira internacional, além disso, não deixe de estar atualizado quanto ao mercado de trabalho do país que deseja migrar e suas exigências de ingresso!

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here