Parte 2 – Global Mobility: Internacionalista, você conhece essa área de atuação?

0
560

Há pouco mais de 1 mês publicamos um post apresentando uma área muito interessante para o internacionalista mas ainda pouco conhecida: Global Mobility. E como prometemos, escrevemos agora sobre as áreas de atuação e as possibilidades existentes no mercado.

Empresas Multinacionais – setor de Global Mobility

A área de Global Mobility, quando estabelecida formalmente em uma empresa, tem duas funções principais: pensar estrategicamente a transferência de colaboradores entre suas unidades (expatriados) e gerir todo o processo para que a missão internacional aconteça. Esse processo envolve desde os trâmites internos da empresa necessários à transferência (remuneração, benefícios, posição organizacional, etc.) até a gestão dos fornecedores envolvidos (consultoria de imigração, relocation, fiscal).

Em muitas multinacionais, a área de GM está inserida no RH, uma vez que estamos tratando de gestão de pessoas. A área pode ser independente ou ligada a outro setor do RH, como por exemplo, os setores Jurídico ou Remuneração.

O profissional responsável de Global Mobility, além de dominar outro(s) idioma(s), precisa conhecer não só sobre o processo de migração mas também sobre os processos internos da empresa a fim de ser um facilitador na movimentação internacional.

Consultoria de Migração

São empresas especializadas em processos migratórios. As consultorias ajudam a conduzir o trâmite junto aos órgãos governamentais (Embaixadas, Consulados, Polícia Federal, Ministérios diversos) uma vez que cada país possui diferentes tipos de vistos e exigências específicas para sua solicitação e concessão.

O suporte migratório pode ser contratado diretamente pelo migrante (pessoa física) ou como prestação de serviço para uma outra empresa (pessoa jurídica) que pretenda expatriar seus colaboradores.

O analista internacional tem grande possibilidade de atuação no trato direto com os estrangeiros e órgãos internacionais.

Consultoria de Relocation

Estas empresas são especializadas no suporte à adaptação do expatriado no país de destino. Os serviços prestados são diversos e ainda estão em fase de expansão para atraírem novos mercados. Alguns deles são:

  • visita Look&See ou visita de familiarização (visita ao país de destino para que o expatriado possa conhecer um pouco da cidade onde ele vai morar);
  • auxílio na solicitação de documentação pessoal no país de destino (RNM – Registro Nacional Migratório, CPF, CTPS e demais documentos necessários)
  • transporte dos bens pessoais (mudança internacional);
  • acomodação do estrangeiro e sua família (auxílio no processo de aluguel de moradia, contratação de serviços residenciais, definição e matrícula dos filhos na escola).

Mais uma vez, o analista internacional tem um grande campo no trato direto com os estrangeiros e principalmente no entendimento das divergências culturais que podem afetar a adaptação e vivência no exterior.

Consultoria em Treinamento Intercultural

As consultorias especializadas em treinamento intercultural preparam o colaborador expatriado para uma nova cultura. O treinamento pode também envolver a família do expatriado e até a empresa que receberá o migrante.

O sucesso do trabalho no exterior não depende exclusivamente da capacidade técnica do colaborador em exercer sua função, mas também das condições de pessoais, psicológicas e de trabalho.

Além do interesse em questões culturais, internacionalistas com vivência no exterior terão maior facilidade e propriedade para tratar o tema.

Consultoria Tributária (Tax Advisory)

A grande questão aqui é organizar a vida fiscal do expatriado. A partir de um determinado período o colaborador deixa de ser residente fiscal no seu país de origem e passa a ser residente fiscal no país de destino. Com isso surgem as questões e dúvidas sobre declaração do imposto de renda, como comprar e declarar bens no exterior, bitributação, etc..

O assunto precisa ser tratado com especialistas para evitar problemas legais, fiscais, multas e pagamentos indevidos.

Para os internacionalistas que se interessam também por contabilidade, é uma área que nunca vai faltar trabalho!

 

E você? Trabalha com Global Mobility? Gostou do assunto? Compartilhe conosco sua experiência na área ou deixe sua dúvida para te auxiliarmos nessa carreira.

 

Esse artigo foi produzido pela colaboradora voluntária Mariana Ghezzi, internacionalista formada pela PUC-Minas.

 

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here